3 de abril de 2014

Feliz Aniversário Monaliza.

Eu não vou escrever muito.
Quase tudo foi dito.
Só basta repetir mais 30 anos, depois mais 30 e se formos ousadas (e somos), mais 30 anos ou mais:

Eu te amo Monaliza. 

E o que eu sinto não é de agora e não digo por dizer. 
Eu te amo daqueles amores que só nasce na confiança, da intimidade e da constância. Por repartir alegrias, observar impotente o choro, acalentar as decepções. 

Meu amor por você deve ter nascido da culpa por te roubado sua boneca. Ou da gratidão pelo empréstimo do Patins, mesmo só um pé.
Meias compartilhadas e filhos apadrinhados. Como prometido há 22 anos atrás. No mesmo dia do pacto de catchup, ops! Sangue.
São Trinta Anos sabendo que posso contar com você. 
Eu te amo pra sempre.
E mais uns dias.


18 de março de 2014

Sobre Errar - Alheio

"Eu erro muito.
Quase todo dia, pra ser mais especifica.
Mas durmo com a consciência tranquila, com a alma serena.
Não faço mal pra ninguém, ninguém mesmo.
Talvez eu magoe as pessoas sem querer.
Talvez, não, com certeza.  
Ninguém é como a gente espera.
Eu já entendi que inevitavelmente a gente magoa e é magoado."

Isso ai foi a Clarissa Correa quem disse, mas serve pra mim pra muita gente.
Ser magoado, não é fácil. Mas é muito mais fácil lidar com a decepção do que com a culpa. Só que tudo é risco.
Então, se cobre menos, espere menos e viva mais!

bjo


14 de março de 2014

Dia 14 - Para Rafael

"Não acredito em alma gêmea destino, tampa de panela, metade de laranja, linhas da mãos  horoscopo ou que as diferenças se atraem. 

Eu acredito na sinceridade de duas pessoas que fariam tudo uma pela outra sem esperar nada, a não ser um sentimento reciproco em troca, sem frescura, sem romantismo, apenas amor, compreensão e paciência."

Eu também!!!

13 de março de 2014

É Proibido - Alheio


É proibido chorar sem aprender,
Levantar-se um dia sem saber o que fazer
Ter medo de suas lembranças.

É proibido não rir dos problemas
Não lutar pelo que se quer,
Abandonar tudo por medo,

Não transformar sonhos em realidade.
É proibido não demonstrar amor
Fazer com que alguém pague por tuas dúvidas e mau-humor.
É proibido deixar os amigos

Não tentar compreender o que viveram juntos
Chamá-los somente quando necessita deles.
É proibido não ser você mesmo diante das pessoas,
Fingir que elas não te importam,

Ser gentil só para que se lembrem de você,
Esquecer aqueles que gostam de você.
É proibido não fazer as coisas por si mesmo,
Não crer em Deus e fazer seu destino,

Ter medo da vida e de seus compromissos,
Não viver cada dia como se fosse um último suspiro.
É proibido sentir saudades de alguém sem se alegrar,

Esquecer seus olhos, seu sorriso, só porque seus caminhos se
desencontraram,
Esquecer seu passado e pagá-lo com seu presente.
É proibido não tentar compreender as pessoas,
Pensar que as vidas deles valem mais que a sua,

Não saber que cada um tem seu caminho e sua sorte.
É proibido não criar sua história,
Deixar de dar graças a Deus por sua vida,

Não ter um momento para quem necessita de você,
Não compreender que o que a vida te dá, também te tira.
É proibido não buscar a felicidade,

Não viver sua vida com uma atitude positiva,
Não pensar que podemos ser melhores,
Não sentir que sem você este mundo não seria igual

12 de março de 2014

tô Viva!



"Meus arrependimentos duram pouco.
Alguma coisa me cutuca e diz: olha, que bom que você tem coragem, que bom que você sente, que tenta.
Tentar e se arriscar.
E tudo na vida tem metade de chance de dar certo. 
E a outra metade de dar errado. 
Mas não é poupando que você saberá."

Voltando, por que agora eu quero.
:) Um bjão